Mancais Navais - Instalação

Para um mancal lubrificado a água funcionar adequadamente ele, deve, primeiramente ser instalado no tubo telescópio ou pé de galinha corretamente. A parte inferior do mancal deve ser instalado conforme a figura, ou seja, não deve ser instalado com o canal de lubrificação apontando para baixo.

Em aplicações navais, os mancais são instalados, geralmente, com uma leve interferência com o tubo telescópio, e fixados em posição com  o uso de Loctite ou parafusos de fixação, para prevenir que girem junto com o eixo.

No caso de parafusos de fixação em buchas de bronze, fure apenas parcialmente a bucha externa. Não lubrifique o interior do tubo telescópio ou a parte externa da bucha. Não aperte demasiadamente o parafuso para não distorcer a bucha forçando o elastômero contra o eixo propulsor.

Mancais de latão ou bronze são usinados para fácil instalação com pequena interferência dimensional. Não mais do que uma leve pressão deve ser suficiente para instalação. Resfriamento pode ser realizado para facilitar a instalação, entretanto, a temperatura não deve ser mais baixa do que a obtida em um freezer comum (em torno de -18oC ). Pode ser usado gelo comum para esta finalidade. Gelo seco NÂO DEVE ser usado pois pode prejudicar a adesão do elastômero com a bucha externa. Deve ser evitado “bater” em buchas resfriados pois pode haver a separação entre o material da bucha externa e o elastômero.

MANCAIS COM FLANGES

Mancais flangeados devem ser instalados com uma leve pressão e fixado em posição, através do flange, com parafusos ou prisioneiros adequados.

INSTALAÇÃO DO EIXO​ PROPULSOR

Tenha cuidado na instalação de eixos pesados, use um lubrificante solúvel em água no interior dos mancais. Glicerina é um lubrificante adequado quando instalando eixos. Durante a instalação do eixo é recomendável suportar o peso do eixo durante o processo para prevenir que o elastômero seja rasgado.